Outbrain: O Que É, Como Fazer E Dicas Práticas Para Converter

...


Você sabia que o Outbrain é uma das principais plataformas de anúncios nativos do mundo?


Mesmo que você pouco conheça sobre a empresa, provavelmente, já utilizou um site cadastrado em sua rede de parceiros.Isso porque ela está em mais de 55 países e em 14 idiomas diferentes.


Como ferramenta de ads, alcançou o valor de 290 bilhões de recomendações mensais de conteúdo em diferentes páginas na web, segundo dados de 2019 da própria Outbrain.Em um cenário no qual as pessoas têm cada vez menos paciência para publicidade explícita, essa solução vem ajudando muito investidores a encontrarem um meio termo entre o tráfego orgânico e os links patrocinados.Muito interessante, concorda?


Outra vantagem é o fato de que esse recurso ainda é pouco explorado no Brasil.Com isso, quero dizer que existe baixa concorrência, sendo uma ótima oportunidade para explorar um novo território e se destacar.Ficou curioso sobre o que é o Outbrain?


Não se preocupe, pois você chegou ao lugar certo.Ao longo deste artigo, explico tudo sobre essa solução, como utilizá-la e ainda trago algumas dicas práticas para otimizar as suas taxas de conversão.


Interessado?Continue a leitura!


O que é Outbrain?



O Outbrain é uma das ferramentas mais utilizadas no mundo para a divulgação de anúncios nativos.Assim sendo, podemos dizer que é um concorrente direto de plataformas de publicidade online, como Google Ads, Facebook Ads ou Twitter Ads, para citar alguns exemplos.No entanto, as empresas que listei são caracterizadas pela propaganda explícita, enquanto o Outbrain tem foco na publicidade nativa.Agora é a hora que você se pergunta qual é a diferença entre elas.


Em redes sociais, os ads aparecem no feed, em barras laterais e em outros variados posicionamentos.Já no Google, estão tanto na rede de pesquisa quanto na rede de display.No primeiro caso, acima dos resultados naturais do mecanismo de buscas.No segundo, em meio às páginas dos milhões de sites parceiros cadastrados no Google AdSense.O Outbrain se assemelha mais ao último caso, já que as recomendações normalmente são realizadas em postagens de blogs.


Vamos a um exemplo para facilitar a compreensão?


Supondo que você navegava tranquilamente em seu portal favorito de tecnologia.Lia um texto sobre "os melhores aplicativos de jogos de 2019".Ao chegar ao fim do artigo, percebeu que havia um link para outra página de conteúdo cujo título era "5 jogos gratuitos para baixar em seu celular".Enquanto usuário, provavelmente não percebeu, mas, nesse segundo caso, você acabou de clicar em um anúncio, possivelmente do Outbrain.Ou seja, não se parece com um ad tradicional, aparentando uma recomendação orgânica do site.


Por conta de seu caráter discreto, apresenta um maior índice de conversões quando utilizado em estratégias de marketing electronic.Você percebeu qual é o diferencial desse sistema?


A grande vantagem desse modelo é justamente a segmentação por interesse.Ora, se você se interessa pelo tema "jogos de celular", é muito provável que se sinta atraído pelo anúncio, não é mesmo?


Em outras palavras, as recomendações são relacionadas, personalizadas e baseadas no comportamento do consumidor.Assim, as options de o clique acontecer aumentam bastante.Antes de prosseguir, vamos saber o que é um anúncio nativo (native ads, em inglês).


Basicamente são anúncios inseridos de maneira orgânica em meio ao conteúdo, muito diferente dos meios de publicidade tradicionais.Eles são os muito bem avaliados pelos visitantes: 87% preferem esse formato aos banners, informa a Outbrain.O objetivo não é enganar o consumidor, mas realizar sugestões de maneira menos agressiva e mais voltada à utilidade para o usuário.No exemplo do tópico anterior, observamos uma recomendação em um artigo de blog para um usuário amante da tecnologia.Mas anúncios nativos podem vir em variados formatos, como apresentações de slides, fotos, vídeos e muito mais.A diferença básica entre anúncios publicitários e nativos pode ser percebida em um simples vídeo no YouTube.


Os ads tradicionais são realizados por meio do Google Ads e interrompem a visualização com um alerta de tempo e,frequentemente, concedendo a possibilidade de pular.Já os native ads ocorrem quando o anunciante entra em contato diretamente com o YouTuber e realiza uma parceria paga.Ou seja, o apresentador faz uma recomendação dentro do próprio conteúdo.Mesmo que seja mediante ao pagamento, soam mais naturais aos olhos do internauta.Vale lembrar que um anúncio nativo pode ou não conter uma indicativo de publicidade.No entanto, a recomendação é manter a transparência com o usuário para evitar qualquer tipo de desconforto.


No caso do Outbrain, eles são inseridos somente em páginas cadastradas na plataforma, sobre as quais falarei mais à frente.As pessoas podem monetizar seu conteúdo por meio do Outbrain.Isso ocorre quando se inscrevem na plataforma como writer e permitem a veiculação de anúncios em suas páginas.Assim, são gratificadas com percentuais de valores adquiridos por meio dos anunciantes.Para se ter uma ideia, alguns do maiores portais do Brasil são cadastrados.


Veja alguns deles:



  • Folha de São Paulo

  • O Globo

  • R7

  • IG

  • Terra

  • Omelete

  • ESPN

  • Tecmundo

  • Baixaqui

  • Exame.


Outbrain para anunciantes


No lado oposto da moeda, temos os anunciantes.Eles utilizam a plataforma Outbrain para terem seus anúncios veiculados nos sites de publishers.Alguns exemplos de grandes marcas que anunciam são:



  • Adidas

  • 3M

  • McDonalds

  • LEGO

  • Disney

  • Intel

  • Toyota

  • Panasonic

  • Johnson & Johnson

  • L'Oréal.


Como funciona o Outbrain?



O Outbrain oferece diferentes modelos para anúncios.A princípio, temos os anúncios no feed de notícias, também chamado de smartfeed.Nesse caso, as recomendações são feitas enquanto o usuário navega em plataformas cadastradas.Por exemplo, ao observar as notícias de um portal, o seu anúncio será exibido em meio aos artigos.Outra opção são os links patrocinados em resultados de pesquisas internas dos portais.


Sabe quando você utiliza o ícone de lupa para buscar um conteúdo específico?


Pois é, você pode obter como resultado um ad do Outbrain.O terceiro formato são os módulos e widgets de recomendação.Aqui, eles normalmente são inseridos ao final e nas barras laterais do conteúdo.Assim, mostram sugestões de conteúdos relacionados para o usuário enquanto navega.Por fim, temos os artigos promovidos em listagem, que são exibidos de maneira sequencial e oferecem a opção de escolha ao internauta.


Taboola x Outbrain



Eu não poderia deixar de citar o grande concorrente do Outbrain, o Taboola.Ambas as plataformas são muito utilizadas na web e possuem seus prós e contras.Sua important diferença está no modo como tentam impedir anúncios de baixa qualidade, como páginas de destino não relacionadas e spams.Enquanto o Outbrain preza pela filtragem antes mesmo de o anunciante publicar, o Taboola deixa essa escolha para o usuário, que pode denunciá-lo e oferecer feedback negativo.


Vantagens do Outbrain



O Outbrain pode ser comparado a outras soluções de publicidade na web.Mas, afinal, quais são suas vantagens em relação às demais?


É exatamente o que você vai descobrir agora.O Outbrain tem uma base de mais de 400 sites no Brasil, incluindo os maiores sites de notícias e portais de nicho.Por conta de sua versatilidade, essa solução permite ao anunciante que direcione suas campanhas diretamente ao público-alvo.


Formato invisível


Diferentemente da maior parte das plataformas de anúncios, o Outbrain apresenta recomendações de uma maneira sutil.Assim, os anúncios perdem o aspecto intromissivo e passam a ser enxergados de maneira amigável.Justamente pelo modelo de native ads, o Outbrain apresenta taxas de cliques superiores a outras ferramentas: uma média de 1% de CTR.Ou seja, é um grande incentivador se o seu objetivo é gerar tráfego para suas páginas.No Outbrain, os anunciantes podem segmentar seus anúncios e melhorar sua performance.


Assim, é possível atrair somente pessoas que possivelmente terão interesse em realizar a conversão desejada.


Agora é chegada a hora de colocar a mão na massa e entrar de vez na plataforma.Para anunciar no Outbrain basta seguir os passos descritos a seguir.


1. Crie sua conta


O primeiro passo consiste na criação da conta.Acesse o site do Outbrain e clique em "Register" no canto superior direito da página.A seguir, a plataforma solicitará alguns dados, como nome, e-mail, cargo, site e setor da empresa.Preencha-os e clique em "Enviar".Escolha a duração da campanha

Para iniciar sua campanha, você deve estabelecer um período de duração.Isso não é apenas uma exigência da plataforma, mas também um modo para você comparar e medir a eficácia da ação.Existem muitas opções de segmentação no Outbrain, mas o grande diferencial são aquelas voltadas ao interesse e comportamento do consumidor.A audiência deve ser definida de acordo com a persona da empresa para evitar desperdícios com cliques de pessoas que não se encaixam no público de interesse.


4. Selecione seu orçamento


Toda campanha de advertising precisa de um orçamento.Esse é o momento para dizer à ferramenta qual é o valor que você vai gastar durante a campanha.Além disso, é interessante observar também o preço que você está disposto a pagar pelo clique para criar seus lances no leilão da plataforma.A seguir, é hora de acompanhar os resultados e realizar ajustes pontuais durante a campanha.


Lembre que a melhor maneira para que o seu dinheiro seja bem gasto é avaliar frequentemente o desempenho e realizar melhorias.Quando o período estabelecido terminar, é hora de avaliar o sucesso da campanha.Coloque os dados no papel, descubra o ROAS (Retorno sobre o Investimento Publicitário) e comece a planejar suas novas ações.Acredite, nesse segmento, o aprendizado vem em forma de erros e números.


Então, tudo que você precisa fazer é adaptá-los para ter um melhor desempenho na próxima tentativa.


Não existe um padrão exato de técnicas que funcionam quando falamos em publicidade paga na information superhighway.A verdade é que só saberemos qual é o melhor formato ao realizar testes e avaliá-los com precisão.


No entanto, existem algumas boas práticas que podem ajudar na hora de criar suas peças.A seguir, veja algumas dicas para aumentar suas conversões com o Outbrain.Textos em formatos de listas fazem muito sucesso na web.Por conta de seu fácil consumo e escaneabilidade, são verdadeiras máquinas de cliques.A equipe do Outbrain recomenda a utilização de números ímpares, pois, segundo a análise da empresa, eles chamam a atenção do usuário.


Por exemplo:



  • Veja aqui 7 maneiras de conseguir um novo emprego

  • 13 brinquedos para agradar o seu gato

  • As 9 melhores maneiras de abordar um cliente na information superhighway.


2. Faça perguntas


O cérebro humano dá maior importância para perguntas.Isso porque somos treinados, instintivamente, para respondê-las.Então, é uma boa ideia inseri-las em seus títulos e aumentar o volume de tráfego gerado.Alguns bons exemplos são:



  • Você sabe quem são as pessoas mais ricas do Brasil?

  • Afinal, quanto gastar em campanhas de advertising na web?

  • Como saber se é hora de trocar de celular?


3.Mencione seu público


Como o Outbrain permite uma segmentação extremamente precisa, é interessante utilizar esse recurso para mencionar as pessoas que fazem parte do seu público-alvo.Não é preciso chamá-las pelo nome, é claro.Mas, certamente, existem características que despertam seu interesse.Por exemplo:



  • Como é a rotina de um analista de marketing?

  • Participação das mulheres na política: saiba tudo sobre o assunto

  • Gravidez depois dos 40: é possível?


4. Prefira fotos a desenhos ou logotipos


Como você percebeu, o Outbrain é voltado mais ao conteúdo e menos à publicidade.Por isso, em vez de inserir elementos da identidade visual do seu negócio, prefira fotos e informações que atraiam a atenção.


O objetivo aqui não é vender diretamente, mas trazer algo de interesse ao internauta.Então, não vale a pena falar sobre a sua empresa logo de cara, não é mesmo?


5. Instale o Pixel de Conversão


O pixel de conversão é também chamado de pixel de rastreamento.E a razão para isso está relacionada à sua função.Ou seja, trata-se de um recurso instalado junto ao Outbrain que permite rastrear as ações dos visitantes em seu site.É um instrumento poderoso para conhecer e analisar o comportamento do usuário em suas páginas.


Com base nas informações coletadas, você pode fazer ajustes, otimizar a estratégia e qualificar os resultados, oferecendo ao público aquilo que ele mais quer, da forma que mais o agrada.No texto de hoje aprendemos tudo que o Outbrain pode oferecer.A princípio, vimos alguns conceitos como o que é e como funciona essa ferramenta.Também passamos rapidamente pelas principais diferenças entre o Outbrain e o Taboola.Além disso, observamos as principais vantagens e descobrimos como anunciar na plataforma.


Por fim, verificamos algumas dicas essenciais para obter os resultados desejados.Se você ficou com alguma dúvida, deixe um comentário.Também divida comigo o que planeja para a sua estratégia.



Dated : 2021-02-16 08:05:27

Category : Anúncio pago

Leave a Comment

Related Post